quarta-feira, 14 de setembro de 2011

LIVRO: LIBERTAÇÃO ANIMAL, PETER SINGER


Olá,pessoal! Trouxe hoje para vocês uma indicação de leitura para quem gostaria de saber mais um pouco sobre os argumentos do veganismo. O autor de Libertação Animal, Peter Singer, tem uma história curiosa...Ele é professor da Disciplina de Bioética e trata de uma forma que ela seja utilizada na prática de nossas vidas. E foi através de seus estudos sobre a Ética que chegou a conclusão deste livro e se tornou VEGANO.


Peter Albert David Singer (Melbourne, 6 de julho de 1946) é um filósofo e professor australiano. É professor na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos. Atua na área de ética prática, tratando questões de Ética de uma perspectiva utilitarista.

Singer foi professor de filosofia na Universidade de Monash em Melbourne, onde fundou o Centro para Bioética Humana. Em 1996 Singer candidatou-se ao Senado pelo Partido Verde Australiano mas não conseguiu ser eleito. Em 1999 foi nomeado Professor Ira W. DeCamp de Bioética do Centro de Valores Humanos de Princeton e se mudou para os Estados Unidos.


Libertação dos animais
Seu livro Libertação Animal (publicado originalmente em 1975) foi de uma importante influência formativa no movimento de Libertação Animal. Singer é um grande defensor dos animais, apoiando plenamente a causa da libertação animal, um dos muitos motivos que o fez adotar o veganismo.

Nesta obra ele argumenta contra o "especismo": a discriminação contra certos seres baseada apenas no fato de estes pertencerem a uma dada espécie. Ele considera que todos os seres que são capazes de sofrer devem ter seus interesses considerados de forma igualitária e conclui que o uso de animais - nos moldes atuais - para alimentação é injustificável, já que cria sofrimento desnecessário. Assim sendo, ele considera que o vegetarianismo é a única dieta aceitável. Singer condena também a vivissecção, apesar de acreditar que algumas experiências com animais poderão ser realizadas se o benefício (por exemplo, avanços em tratamentos médicos, etc.) for maior que o mal causado aos animais em causa.
Fonte: Wikipédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário